Rasgar Horizontes, o território e as gentes

A Fundação Manuel Viegas Guerreiro (FMVG) assinala os 50 anos da Revolução de Abril associando Arte, História e Natureza. No próximo sábado, dia 20, inaugura em Querença uma exposição colectiva de artes plásticas. Dois meses depois, a 15 de Junho, há conversa em torno das dinâmicas culturais no concelho de Loulé, no pós-25 de...

Em 2024 já pode apoiar a FMVG com o seu IRS

A partir deste ano de 2024, já poderá apoiar a Fundação Manuel Viegas Guerreiro, consignando 0,5% do seu IRS no âmbito da legislação subjacente ao Imposto sobre o Rendimento e às instituições culturais com estatuto de utilidade pública. Apoiar a Fundação Manuel Viegas Guerreiro COMO? No momento de indicar a consignação de 0,5% do IRS, no Quadro...

NUNO JÚDICE, O POETA DAS METÁFORAS

(1949-2024) Morreu este domingo o poeta Nuno Júdice. O ensaísta, ficcionista, tradutor e professor universitário faria 75 anos no dia 29 de Abril.Nascido na Mexilhoeira Grande, Portimão, o escritor conta meio século de obra. Em 2019 foi homenageado na aldeia de Querença, na 4.ª edição do Festival Literário Internacional de Querença, sob a égide de...

Manuel Viegas Guerreiro e Manuel Higino Vieira | Uma história de aventuras entre continentes e culturas – PARTE I

POR HENRIQUE VIEIRA NOTA PRÉVIA: Este artigo será apresentado em três Partes, constituindo esta a Parte I. O mesmo terá continuidade assegurada neste site. O artigo será ainda publicado nos n.os 36, 37 e 38 da Revista FMVG Raiz. Manuel Viegas Guerreiro é um nome carismático quando se fala do seu trabalho de investigador, etnólogo, antropólogo,...

Dia Nacional da Sustentabilidade | Estreia do filme “O Mundo dos Insectos, em Querença”

No Dia Nacional da Sustentabilidade, a Fundação Manuel Viegas Guerreiro (FMVG) estreia online o filme da terceira Aula dos Estudos Gerais Livres (EGL): O Mundo dos Insectos, em Querença, realizada no passado dia 15 de Julho. O filme, com o mesmo nome, pode ser visualizado no canal de Youtube da FMVG através do link https://youtu.be/rpjaaCAJI7Q. A...

Arte e Paisagem – encontro de artistas e público

Num 2 em 1 a Fundação Manuel Viegas Guerreiro e a ALFA – Associação de Fotógrafos Livres do Algarve proporcionaram um encontro entre artistas e público no passado dia 22 de Setembro, em Querença. Na sessão de encerramento da exposição de pintura Paisagem Algarve, João Pinto, biólogo e pintor, anunciou que o projecto vai crescer...

O Mundo dos Insectos, em Querença

Os insectos estão em declínio. Estudos europeus e norte-americanos são inquietantes e apontam para o seu desaparecimento: o número de indivíduos de cada população já se reduziu para menos de metade. O debate actual e urgente sobre a crise planetária da biodiversidade acontece no sábado, dia 15 de Julho, pelas 18h00, na Fundação Manuel Viegas Guerreiro...

Manuel Viegas Guerreiro “trocado por miúdos” no Dia Mundial da Criança

Crianças da aldeia de Querença criam jogos e um vídeo que dão a conhecer o antropólogo Manuel Viegas Guerreiro (Querença,1912 – Carnaxide, 1997) às gerações do século XXI. O projeto chama-se “Antropologia do Espanto” e é apresentado em Junho, no Dia Mundial da Criança. O legado de Manuel Viegas Guerreiro, o histórico de colaborações entre...

A Raiz

A partir da ideia de eco-música, acrescentada com as palavras-chave que alimentam os princípios da sustentabilidade e da protecção da vida terrestre, a Fundação Manuel Viegas Guerreiro criou uma banda sonora e um vídeo (videoclipe) para o Percurso Eco-Botânico Manuel Gomes Guerreiro (PEB-MGG). Dera-lhe consistência a sensibilidade da equipa que a Fundação convidou para...

Ramalho Eanes inaugura Percurso Eco-Botânico em Querença

[9 de Março de 2023] Antigo presidente da República junta-se ao biólogo Jorge Paiva e ao arquitecto paisagista Fernando Santos Pessoa para inaugurar o primeiro jardim botânico mediterrânico do Algarve. O General Ramalho Eanes, antigo presidente da República, estará em Querença, Loulé, a 10 de Março, pelas 14h30, para inaugurar o Percurso Eco-Botânico Manuel...

A propósito do livro “Bochimanes !khū de Angola. Estudo Etnográfico”, de Manuel Viegas Guerreiro, Lisboa, Instituto de Investigação Científica de Angola/Junta de Investigações do Ultramar, 1968: brevíssima nótula

POR VÍTOR OLIVEIRA JORGE Esta obra – um trabalho sério de etnografia, porém realizado em condições precárias - data já de uma época algo longínqua, em que a realidade africana era muito diferente da atual, em particular em termos políticos (por exemplo, Angola era ainda, anacronicamente, uma colónia portuguesa[1]; na África do Sul reinava...

Descrições do Algarve do século XVI

POR JOÃO SABÓIA Foi com agrado que acolhi o convite para uma releitura de Duas descrições do Algarve do Século XVI[1], já que se trata de um trabalho desenvolvido por dois Professores que muito prezo e que muito me honraram com a sua amizade, Joaquim Romero Magalhães e Manuel Viegas Guerreiro. O Professor Doutor Joaquim Romero Magalhães,...

Nas asas do Mundo

29 Junho 2022 Ainda o sol não nasceu, já o António Marques e o Paulo Narciso lançam as redes. Não esperam apanhar peixe mas pássaros, a quem devolverão o voo após medições e pesagem. O André Pinheiro, da associação ambientalista Almargem, é o cicerone da incursão do Grupo de Pequenos Naturalistas - alunos de 1.º ciclo da...

Fundação Manuel Viegas Guerreiro

Conheça melhor o trabalho da Fundação Manuel Viegas Guerreiro. Acompanhe-nos nas redes sociais através do Facebook e/ou visite o nosso canal de Youtube.

Skip to content